Herança de quem? Juiz determina penhora de área do ginásio anexo ao Scarpelli para garantias de ação por danos morais

| 24 de maio de 2019

Ação1A ação 0301092-83.2016.8.24.0082/01 da 2ª Vara Cível de Florianópolis (Continente) é de 2016 e foi movida por Luiz Fernando de Jesus Amaral, que trabalhava como vendedor de alimentos (amendoim) dentro do Scarpelli. Como não houve pagamento do valor à época, o juiz Dr Cláudio Eduardo Régis de Figueiredo e Silva determinou a penhora da área do ginásio Carlos Alberto Campos, anexo ao Scarpelli. O Figueirense, através da assessoria de imprensa, informa que ainda não foi notificado.

Essa é mais uma daquelas heranças que passam de presidente para presidente, os mandatários deixam seus cargos, e o presidente seguinte que se vire com pepinos desse tipo. Há quem também entenda ser um exagero uma penhora dessa envergadura apenas por uma ação de danos morais, porém é um direito de cada cidadão requerer reparos na Justiça.

A primeira notícia que surgiu, de forma errada, é que a penhora teria sido do estádio Orlando Scarpelli, o que não representa a verdade dos fatos.

Categoria: Destaque, Figueirense, Outros assuntos

.