Grama natural: Começa a troca do gramado do estádio Dr Hercílio Luz

| 24 de maio de 2019

reforma gramado marcilio (2)O Marcílio Dias começou mais uma etapa importante no processo de modernização do Clube: a troca do gramado no Gigantão das Avenidas. As obras devem durar em torno de 60 dias. A reforma consiste na troca total da grama atual por uma considerada entre as melhores no meio do futebol, além da instalação de uma nova drenagem e melhora na irrigação.

Para o presidente do Marcílio Dias, Lucas Brunet, a troca do gramado representa uma sequência no processo de modernização da estrutura e a preocupação da diretoria em oferecer melhores condições de jogo. “Acredito que o principal é deixar um legado para o Clube”, afirmou.

Serão mais ou menos 10 mil m² da grama Bermuda Tifton 419, mantendo o tamanho do gramado de 105 x 68m. Ela não será plantada e sim trazida e colocada em rolos, visando agilizar o processo. Além disso, será instalado um novo sistema de drenagem, seguindo o padrão dos estádios mais modernos do Brasil. Já a irrigação eletrônica não partirá do zero, apenas passará por modernização na existente, reformada no ano passado. Agora, os aspersores que distribuem a água num ângulo de 180º vão poder atingir 360º, cobrindo uma área mais abrangente de todo o gramado.

Diferente do que havia sido decidido no final do ano passado, quando se anunciou a colocação de um gramado sintético, o gramado será natural. O futebol profissional do Marcílio Dias deverá retornar aos gramados em setembro, para a disputa da Copa Santa Catarina, agora com um novo e moderno gramado.

Foto: Bruno Golembiewski

Categoria: Destaque, Outros clubes

.